Como Dar Entrada no Seguro Desemprego

Aprenda Como Dar Entrada no Seguro Desemprego e como fazer o cálculo para saber quanto será o valor de cada parcela do benefício.


Uma das principais dúvidas de quem deixa uma empresa é como dar entrar no Seguro Desemprego. O benefício é concedido a todos os trabalhadores com registro em carteira que são demitidos sem justa causa.

Apesar de ser um benefício muito conhecido, as novas regras do Governo Federal podem confundir quem estava acostumado com uma forma de receber as parcelas do seguro desemprego, uma vez que as regras foram mudadas este ano e ainda causam dúvidas nos trabalhadores.

Seguro Desemprego O Que Mudou

Antes de te ensinar como dar entrada no Seguro Desemprego, vamos te falar sobre as novas regras determinadas pelo Governo Federal que mudam o perfil do trabalhador que terá direito ao benefício.

Antes o trabalhador que prestou serviço para uma empresa, com registro em carteira, por pelo menos seis meses seguidos já teria direito de receber o dinheiro. Agora, porém, o primeiro pedido desse benefício só poderá ser feito pelo trabalhador que ficou 12 meses seguidos prestando trabalho para a mesma empresa.

Para quem for fazer o requerimento Seguro Desemprego pela segunda vez é necessário ter nove meses de registro e para quem pedir o seguro pela terceira vez poderá solicitar a partir dos seis meses de trabalho.

Como Dar Entrada no Seguro Desemprego

O número de parcelas também mudou, agora quem trabalhou por 12 meses consecutivos ou não nos últimos 36 meses para poder receber 4 meses de seguro desemprego. Quem tiver mais de 24 meses de registro em carteira nos últimos 36 meses receberá o seguro desemprego por cinco meses.

A quantidade de parcelas é importante para quem quer saber como dar entrada no Seguro Desemprego, para já poder ter noção de quanto tempo receberá o benefício.

Saiba Como Dar Entrada no Seguro Desemprego

Assim que o trabalhador for demitido ele já deve iniciar o processo de como dar entrada no Seguro Desemprego, pois há prazos determinados pelo governo para que o recém demitido possa solicitar o benefício.

O requerimento Seguro Desemprego deve ser feito pelo trabalhador formal a partir do 7º dia da data da dispensa, tendo o prazo máximo de 120 dias. Após esse período o trabalhador perde o direito do benefício. Empregado doméstico e trabalhador resgatado tem até 90 dias para solicitar o seguro.

Saiba Consultar Seguro Desemprego Online

O seguro desemprego deve ser solicitado mediante a apresentação de documentos, por isso anote o que é necessário para como dar entrada no Seguro Desemprego. Os documentos necessários são: RG, Carteira de Trabalho, Inscrição no PIS/PASEP, o requerimento do Seguro Desemprego ou comunicado de dispensa, o Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho​, Documentos de levantamento dos depósitos no FGTS ou extrato comprobatório dos depósitos e o CPF.

Quanto Vou Receber de Seguro Desemprego

Além de saber como dar entrada no Seguro Desemprego, é interessante que você saiba quanto você irá receber. Calcular Seguro Desemprego não é tão complicado assim, a Caixa irá consultar a média salarial que você recebeu nos últimos três meses antes da dispensa.

Exemplo: Se você recebeu R$ 800,00 em um mês, R$ 900,00 no outro mês e R$ 800,00 no terceiro, o cálculo irá somar esses valores resultando em R$ 2.500,00. Esse valor será dividido por três e a média salarial será de R$ 833,33. Esse será o valor das parcelas do seguro desemprego que você receberá.

-
Facebook Twitter Google Plus WhatsApp
Sobre o autor: Marcos Aurelio nasceu em Chapecó Santa Cataria e hoje mora em Caxias do Sul no Interior do Rio Grande do Sul, onde aprendeu a torcer para o Juventude e uma das suas maiores alegrias foi em 1999 quando o time foi campeão da Copa do Brasil. Mais deste autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *