Seguro Desemprego Agendamento Informações

Seguro Desemprego é um dos benefícios do Governo que sofreu alterações em 2015, veja como solicitar e conheça as novas regras e como realizar o agendamento.


Assim que o trabalhador é demito a empresa lhe entrega um documento que deve ser levado até um dos Postos de Atendimentos para dar entrada ao Seguro Desemprego.

Apesar do momento delicado em que o trabalhador se encontra, é preciso se atentar as regras estabelecidas pelo Governo para fazer o agendamento do seguro desemprego, uma etapa importante para que o recém-desempregado possa receber uma verba nesses primeiros meses sem trabalho.

O documento entregue pelas empresas – quando o trabalhador é demitido sem justa causa – se chama SD/CD (SD: Requerimento de Seguro-Desemprego / CD: Comunicação de dispensa)​ e é entregue em duas vias, uma ficará com ele e outra terá que ser entregue ao Ministério do Trabalho.

Onde fazer Agendamento para Receber Seguro Desemprego

O pedido do Seguro Desemprego deve ser feito em uma das unidades de atendimento das Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego, ou nas entidades sindicais, ou nos  postos do Sistema Nacional de Emprego ou ainda nas agências da Caixa Econômica Federal.

O pedido é realizado mediante a apresentação dos seguintes documentos: RG ou CNH, Carteira de Trabalho e Previdência Social, PIS/PASEP, as duas vias do SD/CD, Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, extrato do FGTS e CPF.

Após a apresentação desses documentos o trabalhador será informado da quantidade de meses, do valor e de quando ele começará a receber o Seguro Desemprego.

Seguro Desemprego Agendamento

O saque do benefício pode ser feito nas agências da Caixa, nas Lotéricas ou nos caixas eletrônicos através do Cartão Cidadão. Quem é cliente da Caixa recebe o benefício em sua conta corrente ou poupança.

Atenção para as Novas Regras

Para receber o Seguro Desemprego é necessário seguir as regras estabelecidas pelo Governo Federal que no começo de 2015 reformulou a forma como este benefício é entregue.

Quem nunca recebeu o seguro deve ter 18 meses de registro em carteira para poder solicitar o benefício. Quem já pediu uma vez deve aguardar 12 meses de trabalho para então solicitar o seguro-desemprego. A partir do terceiro pedido o trabalhador tem que trabalhar seis meses para então ser beneficiado.

Outra coisa que mudou foi a quantidade de parcelas: 4 parcelas para o primeiro pedido desde que o trabalhador tenha entre 18 e 23 meses de trabalho nos últimos 36 meses. No segundo pedido serão 4 parcelas se tiver trabalhado entre 12 e 23 meses e 5 parcelas se tiver trabalhado por mais de 24 meses. No terceiro pedido serão 3 parcelas para de 6 a 11 meses de trabalho, 4 para de 12 a 23 meses de trabalho e 5 para o período de 24 ou mais meses de trabalho.

-
Facebook Twitter Google Plus WhatsApp
Sobre o autor:

Grazielle Dias cursou moda na IED BRASIL no Rio de Janeiro, morou 2 anos em Milão na Itália quando seus pais foram transferidos para presidir uma multinacional e hoje trabalha com artigos voltados para o publico feminino com dicas de moda e tudo que faça parte do mundo feminino.

Mais deste autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *